Make your own free website on Tripod.com
 
Cabecalho
   
 



Você é o visitante número



Página Inicial

Autor

Apresentação

Carta de Dissociação

Cartas

Fotos

Notícias

Relatos e Experiências Pessoais

Artigos

Livro de visitas

Links p/ outros "sites"

TJ Pedófilo é condenado à Prisão

*TRADUÇÃO PARA O PORTUGUÊS LOGO APÓS O TEXTO ORIGINAL EM  INGLÊS

Thursday, 11 July, 2002, 20:28 GMT 21:28 UK

Jehovah's Witness jailed for abusing boys

Child abuser James Barratt
James Barratt is led away to begin his sentence

An elder in the Jehovah's Witness church has been jailed for child abuse.

James Barratt, 45, of Rugby, Warwickshire, a married man with two children, was found guilty of indecently assaulting two teenagers entrusted to him for Bible studies and counselling.

The court heard that Barratt, a church elder, had "systematically" abused two former members of his congregation over a 10-year period.

Warwick Crown Court heard that Barratt, a trusted friend of the boys' families, had used Bible lessons and counselling sessions as an opportunity to indecently assault the teenagers.

Abuse victim Gordon Grant, 23
Victim Gordon Grant

"Go straight to police and get it dealt with by people who are experienced"

Victim Gordon Grant

Throughout the four-day trial Barratt maintained that he had tried to be a father figure to the boys.

Sentencing him, Judge James Pike said he had been entrusted with vulnerable young people. He was, he said, an arch-hypocrite.

Barratt was jailed for two years with 12 months suspended. He will be put on the sex offenders' register for 10 years.

Detective Inspector Jim Hill of Warwickshire Police: "I consider him to be an extremely dangerous individual. His approach to the victims was via the parents.

"He formed a very strong bond with the families and clearly he has gone on to abuse that trust."

One of his victims, Gordon Grant, now 23 , said he had been disappointed by the church's reaction to the allegations.

"If people have got this problem don't go to the elders or the leaders of the church. Don't bother with them.

"Go straight to police and get it dealt with by people who are experienced and know what they are doing."

Source:
BBC


 

 

Quinta-feira, 11 de julho de2002, 20:28 GMT 21:28 UK

 

Testemunha de Jeová presa por abusar de meninos

 

Um ancião das Testemunhas de Jeová foi preso por abuso de menores.

 

James Barrat, 45, de Rugby, Warwickshire, casado, pai de dois filhos, foi declarado culpado de assediar sexualmente dois adolescentes que o procuravam para estudo bíblico e aconselhamento.

 

O julgamento revelou que Barratt, um ancião da igreja, abusou "sistematicamente", durante 10 anos, de dois ex-membros de sua congregação.

 

A Corte de Warwick Crown soube que Barratt, um amigo de confiança das famílias dos garotos, usava os estudos bíblicos e as seções de aconselhamento como uma oportunidade para assediar sexualmente os adolescentes.

 

Durante os quatro dias do julgamento, Barratt sustentou que ele tentava suprir a figura paterna para os garotos.

 

Ao sentenciá-lo, o Juiz James Pike disse que ele havia recebido dois jovens vulneráveis sob seus cuidados. Ele era, disse  o Juiz, um arqui-hipócrita!

 

Barratt foi condenado a dois anos de prisão, com redução de 12 meses. Seu nome constará por 10 anos do registro de transgressores sexuais.

 

Detetive Inspetor Jim Hill da polícia de Warwickshire: "Considero-o um indivíduo extremamente perigoso. Ele obtém acesso às vítimas por meio de seus pais".

 

Ele cria com as famílias um forte vínculo e depois trai a confiança que lhe é depositada".

 

Uma das vítimas, Gordon Grant, agora com 23 anos, disse que se decepcionou com a reação da igreja às acusações.

 

"Se alguém tiver esse problema, não vá aos anciãos ou aos líderes da igreja. Não os incomode com esse assunto. Vá direto para a polícia e deixe que o assunto seja tratado por gente com experiência e que saiba o que está fazendo".

 

Fonte: BBC

 

Legendas das Fotos

 

1 – James Barratt é levado para cumprir suasentença.

 

2 – A vítima Gordon Grant - Vá direto para a polícia e deixe o assunto ser tratado por pessoas experientes.

 

Fonte: Tradução da página colocada em

 

http://www.watchtowerinformationservice.org/jamesb.htm

 

 



Separador

 Página Inicial   Autor   Apresentação   Carta de Dissociação 

 Cartas   Fotos   Notícias   Relatos e Experiências Pessoais 

 Artigos  Livro de visitas   Links p/ outros "sites"

Para me contatar mande uma mensagem para:  paraperp@gmail.com