Make your own free website on Tripod.com
 
Cabecalho
   
 



Você é o visitante número



Página Inicial

Autor

Apresentação

Carta de Dissociação

Cartas

Fotos

Notícias

Relatos e Experiências Pessoais

Artigos

Livro de visitas

Links p/ outros "sites"

Carta ao Corpo Governante das Testemunhas de Jeová

Carta postada na mail-list Testemunhas (http://br.groups.yahoo.com/group/testemunhas) em 15-07-2002 (Tradução para o Português após o original em Inglês)


Governing Body of Jehovah's Witnesses 

25 Columbia Heights 
Brooklyn, New York11201-2483 
Fax: (718) 560-5619 

RE: Letter of reprimand 

Dear Brothers: 

I'm a parent of two grown, spiritual children. My wife and I did everything within our ability to perform our God mandated responsibilities. We endeavored to train them to be persons who someday could stand before the True God Jehovah on their own two feet - apart from us - and be found approved. 

We taught them that we all stand accountable. No one here on planet earth is free from accountability. Jehovah will judge all of us and none of us are above any others. 

You are not following your own recommendations in the manner you are dealing with child rape policy. You are belying the very principles that you insist that the flock live up to. You have disregarded every principle that we hold dear by your stonewalling of cries for assistance. I ask you - WHY? Why won't you change! Is it because there are those on the GB and/or high organizational station that have been guilty of pedophilia? I can think of NO other reason why you would not help the flock be protected other than that you are covering over the sins of ones amongst yourselves! 

If so, you will not succeed in this mission. You may get a few more loyal JW'sdf'd. You may mangle and malign a few more reputations. But as with the wicked kings of ancient Israel - you will not succeed. Jehovah will expose you and will hold you accountable. I pray that you will repent of your stubborn Balaam-like course. 

You have in this matter become like high priest Eli. You should re-read the story since you've apparently forgotten it. Eli allowed his sons to go unpunished in the matter of defiling the young ladies in the temple and being drunk while on priestly duty. As did Eli and his sons, you will come to your end if you do not immediately cease supporting and ignoring the type of loose conduct that they were guilty of. 

As a parent I will tell you that you have NO RIGHT to mandate the kind of useless "policy" that elder bodies are forced to follow. I am outraged and disgusted by the kind of meddling and manipulation that causes concerned parents to be removed from congregations while allowing our children to be raped. 

I fully trust in Jehovah the True God to remedy this matter. I only hope that you will collectively be able to be the ones to head up that remedy - before Jehovah kicks you out of office and gets someone else to do it. 

You are grossly out of line here brothers. I recommend that you meet together and fall upon your collective faces and beg Jehovah for his forgiveness and direction in fixing not only the child rape policy but the sullied reputations of those having at heart the best interests of our congregations. 

Sincerely, 

Your brother 



Ao Corpo Governante das Testemunhas de Jeová 

25 Columbia Heights 
Brooklyn, New York11201-2483 
Fax: (718) 560-5619 

RE: Carta de repreensão 

Prezados irmãos: 

Sou o pai de dois filhos espirituais e crescidos. Minha esposa e eu fizemos tudo a nosso alcance para cumprir as responsabilidades a nós designadas por Deus. Esforçamo-nos para treiná-los como pessoas que poderiam um dia ficar de pé perante Deus, Jeová, e serem aprovados por ele, sem a nossa ajuda e por seus próprios pés. 

Ensinamos-lhes que todos nós somos responsáveis. Ninguém neste planeta Terra está livre de responsabilidade e Jeová nos julgará a todos e nenhum de nós está acima dos demais.

Pelo modo como estão lidando com os casos de estupro de crianças, vocês não estão seguindo suas próprias recomendações. Vocês estão violando os próprios princípios segundo os quais insistem que o rebanho deva viver. Vocês estão desconsiderando cada princípio que temos prezado quando se mostram refratários aos clamores por ajuda. Eu pergunto - POR QUE? Porque não querem mudar! Será que é porque existem culpados de pedofilia, no próprio Corpo Governante e/ou em outros altos postos da Organização? Não consigo pensar em OUTRA razão para vocês se recusarem a ajudar a proteger sem ser o fato de quererem acobertar os pecados de alguns entre vocês. 

Se for este o caso, vocês não serão bem sucedidos nessa missão. Vocês poderão desassociar algumas das Testemunhas de Jeová mais leais. Poderão manchar e macular mais algumas reputações, mas como no caso dos iníquos reis do antigo Israel - vocês não serão bem sucedidos. Jeová os exporá e os considerará culpados. Oro para que vocês se arrependam e se desviem do caminho obstinado de Balaão. 

Vocês se tornaram, neste caso, como Eli. Vocês devem reler sua história já que, aparentemente, a esqueceram. Eli permitiu que seus filhos ficassem impunes quanto a violarem jovens mulheres no templo e que ficassem embriagados quando em serviço como sacerdotes. Como no caso de Eli e de seus filhos, vocês serão destruídos se não cessarem imediatamente de apoiar e de ignorar o tipo de conduta desenfreada de que eles são culpados.

Como pai, digo-lhes que vocês NÃO TÊM O DIREITO de impor o tipo de "política" inútil que o corpo de anciãos é obrigado a seguir. Sinto-me ultrajado e repugnado com o tipo de interferência e manipulação que faz com que pais responsáveis sejam expulsos das congregações ao mesmo tempo em que se permite que nossas crianças sejam estupradas.

Confio plenamente que Jeová, o Verdadeiro Deus, remediará esse assunto. Apenas espero que vocês, como grupo, sejam aqueles que aplicarão esse remédio - antes que Jeová os chute para fora do escritório e coloque outros no seu lugar para fazê-lo.

Vocês estão muito desviados do curso neste caso, meus irmãos. Recomendo que se reúnam e se prostrem com os seus rostos por terra e clamem por Jeová, por seu perdão, e que ele os oriente para definir, não apenas a política a ser seguida nos casos de estupro de crianças mas, também, a recuperar as reputações manchadas, daqueles que, de coração, agiram nos melhores interesses de nossas congregações.

Sinceramente, 

Seu irmão 




Separador

 Página Inicial   Autor   Apresentação   Carta de Dissociação 

 Cartas   Fotos   Notícias   Relatos e Experiências Pessoais 

 Artigos  Livro de visitas   Links p/ outros "sites"

Para me contatar mande uma mensagem para:  paraperp@gmail.com